Governo da Bahia

Governo da Bahia

Notícias de Última Hora

Iuri Sheik ganha 20 mil seguidores após assassinato; interações passam os 5 milhões

O empresário Iuri Santos Abraão, conhecido como “Iuri Sheik”, ganhou pouco mais de 20 mil seguidores após o dia 23 de junho, data em que ele, segundo a Polícia Civil, cometeu o assassinato contra o também empresário William Oliveira, o “Will”.
Um relatório levantado pelo Aratu On nesta segunda-feira (1/7) aponta que, no dia do crime, o suspeito tinha 265.496 seguidores. Esse número subiu para 285.689 em apenas uma semana.
Quando a média de interações – comentários, curtidas e compartilhamentos divididos por três – é levada em consideração, a estatística aumenta de forma vertiginosa. Antes do homicídio, o número era de 12..606, passando a casa dos 5 milhões em sete dias.
CRIME
O assassinato aconteceu durante uma festa de “paredão” no município de Santo Antônio de Jesus. No dia seguinte, a Secretaria da Segurança Pública (SSP) divulgou uma nota dizendo que a investigação estaria sendo realizada pela 4ª Coordenadoria de Polícia Civil do Interior. Na época, o caso ainda era tratado como tentativa de homicídio.
O suspeito se entregou na sede do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), em Salvador, horas depois de confirmada a morte de “Will”, na quarta-feira (26/6). Ele foi ouvido inicialmente pela diretora-adjunta da unidade, Clelba Teles. Já na manhã de quinta-feira (27/6), já no presídio, Abraão prestou um novo depoimento à polícia, desta vez ao titular da 4ª Coorpin, Edílson Magalhães.
Ainda foragido, o influenciador digital usou as redes sociais para se explicar. “Toda versão existe dois lados. Logo mais vou me apresentar e contar o que realmente aconteceu”, escreveu ele na postagem. Foi sua última aparição no Instagram.   Aratu online