Governo da Bahia

Governo da Bahia

Notícias de Última Hora

Homem suspeito de atropelar criança em Juazeiro e mãe se apresenta em delegacia; menina morreu

O motorista suspeito de atropelar Laiza Silva Câmara, de 9 anos, e a mãe dela em Juazeiro, no norte da Bahia, na última sexta-feira (31), se apresentou à Polícia Civil no sábado (1º). A menina morreu no local do acidente.
Josineide de Jesus Silva e a filha foram atingidas por um carro na BR-235. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), as duas passavam pela entrada de um shopping quando foram atropeladas.
Um dia após o acidente, o homem que dirigia o veículo que atingiu as vítimas foi ouvido na delegacia de Juazeiro e liberado. À polícia, ele disse que fugiu sem dar socorro por medo de ser agredido pela população. De acordo com a polícia, o homem vai responder em liberdade por homicídio culposo, quando não há intenção de matar.
Laiza foi enterrada no cemitério Municipal de Juazeiro, na tarde de sábado.
Caso
Laiza e a mãe, Josineide de Jesus Silva, estavam na faixa de pedestres, esperando para atravessar a via, quando foram atropeladas, segundo contou familiares das vítimas. O motorista do veículo fugiu após o ocorrido.

Há um semáforo no local, mas o equipamento está quebrado. A garota morreu no local do acidente. A mãe dela teve ferimentos, foi levada para um hospital da região e já teve alta.
Por meio de nota, a Companhia de Segurança, Trânsito e Transporte de Juazeiro (CSTT) informou que a responsabilidade de fiscalização e sinalização da BR-235 não é da gestão municipal. No entanto, ainda no comunicado, a prefeitura diz que a CSTT constatou a necessidade de ordenar o trânsito em frente ao shopping – devido ao intenso fluxo de entrada e saída de veículos na rodovia – e instalou o semáforo no local.
Segundo a prefeitura, o roteador do semáforo apresentou defeito e precisou ser desligado. A Companhia encaminhou para a assistência e o equipamento retornou com o mesmo defeito e foi levado novamente para a assistência.   G1