Governo da Bahia

Governo da Bahia

Notícias de Última Hora

Novela: Morte do mocinho? Veja como será a reta final de 'O Sétimo Guardião'

A novela "O Sétimo Guardião" chega ao fim no dia 17 deste mês com uma grande reviravolta prevista para o capítulo final. Gabriel (Bruno Gagliasso) deve morrer salvando a amada Luz (Marina Ruy Barbosa), segundo o Notícias da TV, do Uol. 
A morte do protagonista, um mocinho que tem tido atitudes duvidosas, é mantida em segredo na Globo. As cenas finais foram escritas por Aguinaldo Silva neste final de semana e entregues ao elenco nesta segunda-feira (6).
O autor já tinha dito anteriormente que Gabriel ou Junior (José Loreto) iriam morrer no desfecho. Houve boatos, na ocasião, de que Junior iria morrer por conta da polêmica envolvendo Loreto e Marina Ruy Barbosa após a separação do ator de Débora Nascimento. 
Segundo o Notícias da TV, o personagem de Gagliasso seria o mais cotado para a cena de sacrifício. Desde que assumiu o posto de guardião da fonte, ele tem tido atitudes polêmicas, chegando a ameaçar a população de Serro Azul com uma espingarda para que não bebessem da água milagrosa. 
Judith (Isabela Garcia) vai se cansar das atitudes dele e acusá-lo de ter errado muito desde que virou líder. Ele também vai brigar com Luz por conta de uma nova gruta cheia de tesouros. Quando ele morrer, Feijão (Cauê Campos) deve ser o próximo escolhido como líder dos guardiões.
Morrendo ou não, Gabriel vai conseguir vai conseguir salvar a fonte e estragar os planos de Olavo (Tony Ramos). O líder dos guardiões vai sabotar as máquinas contratadas pelo ex-sócio de Valentina (Lilia Cabral) para perfurar a fonte e vai fingir que permite a exploração só para que sua mãe seja libertada.
No fim, apesar de tudo, Olavo vai terminar sem punição. Segundo Silva, o empresário vai é ganhar mais dinheiro com suas falcatruas e ainda vai faturar em cima de outra fonte que terá um líquido tão precioso quanto o da irmandate. 
O padre Ramiro (Ailton Graça) não será atacado pelo serial killer dos guardiões e vai sobreviver para continuar mantendo viva a história da irmandade.