Governo da Bahia

Governo da Bahia

Notícias de Última Hora

Homem morto é condenado a 7 anos de prisão em Lauro de Freitas

Após júri popular, realizado na última quinta-feira (23), no Fórum de Lauro de Freitas, na região metropolitana de Salvador, o homem que confessou ter matado o coreógrafo e bailarino Augusto José da Purificação Conceição, o Augusto Omolú, em junho de 2013, foi condenado a sete anos de prisão em regime semiaberto.
O acusado, Cleverson Santos Teixeira, era considerado foragido pela Justiça, mas somente após o julgamento foi descoberto que ele já estava morto desde abril do ano passado.
“Está todo mundo surpreso, muito surpreso, sem saber o que fazer, nem para onde apelar. Estamos estarrecidos”, disse a irmã da vítima, em entrevista à Record TV.
Segundo a legislação brasileira, quando o réu morre o processo é arquivado e o julgamento não deveria ter acontecido.
“Foram mobilizadas as pessoas, passamos por esse constrangimento, revivemos a situação, para agora sabermos que ele está morto. Continuamos com essa dor”, lamentou a familiar da vítima.   VN