Governo da Bahia

Governo da Bahia

Notícias de Última Hora

Defensoria Pública encontra crianças em situação irregular no Carnaval de Salvador

A Defensoria Pública da Bahia (DP-BA) encontrou nesta sexta-feira (1º) crianças que acompanhavam os pais a trabalho nos entornos do circuito do Carnaval. As crianças são filhos de ambulantes e catadores de material reciclável. A Defensoria orientou as mães sobre os riscos à integridade e saúde dos menores e a da necessidade de regularização da situação. Segundo a defensora pública Cristina Ulm, no circuito da Barra, alguns ambulantes estavam resistentes em levar seus filhos para os centros de acolhimento implantados pela Prefeitura de Salvador para abrigar crianças e adolescentes cujos pais são trabalhadores na folia e que ainda as mantinham nas ruas onde ocorre o Carnaval. Entre as identificadas, uma aparentava 2 anos e a outra 7 anos. Também foi abordada uma catadora com crianças de aproximadamente 4 anos. “A economia gerada no período de Carnaval pode manter uma família de trabalhadores ambulantes por meses, contudo há regramentos a serem observados, especialmente o Estatuto da Criança e do Adolescente, no aspecto de não expor crianças a situações perigosas ou degradantes, além dos poderes públicos viabilizarem abrigos que foram vistoriados pela Instituição até mesmo antes do início da folia”, conclui o defensor Pedro Casali. As pessoas que necessitem do apoio da Defensoria Pública para urgências e emergências neste Carnaval podem ir à sede do Plantão, na Rua Pedro Lessa, 123, Canela. Informações pelos telefones (071) 3116-0511 ou (071) 99913-9198.