Santo Antônio de Jesus

Santo Antônio de Jesus

Notícias de Última Hora

Vídeo: ator Osmar Prado cobra do STF solução do processo contra os responsáveis pela explosão da fábrica de fogos em SAJ

O ator Osmar Prado cobra do Supremo Tribunal Federal (STF) solução do processo contra os responsáveis pela explosão clandestina de fogos em Santo Antônio de Jesus. A Primeira Turma do STF negou recurso para levar à Corte o caso da explosão da fábrica. Desde 2014, a defesa entrou no Supremo com uma série de recursos. Em agosto do ano passado, a ministra Rosa Weber negou agravo imposto à Suprema Corte. A defesa dos condenados alegou que o julgamento violou os princípios constitucionais do contraditório e da ampla defesa porque não foi produzida uma prova considerada essencial pelos advogados. Para a magistrada, a alegada ofensa é “eminentemente infraconstitucional”, ou seja, não está incluída na Constituição. Por isso, não caberia análise do caso via Recurso Extraordinário. Em um vídeo, o ator Osmar Prado pede resposta do Ministério Público da Bahia. “Excelentíssima senhora ministra Rosa Weber, acelere o julgamento dos embargos de declaração que tramita contra os responsáveis pela terrível chacina em Santo Antônio de jesus, já se passaram 20 anos sem um desfeito satisfatório”, disse (veja vídeo abaixo)
A explosão aconteceu na manhã do dia 11 de dezembro de 1998, no galpão da fábrica clandestina, que ficava nos fundos de uma das fazendas de Osvaldo Bastos. No local, havia mais de 1.500 kg de fogos. Entre os 64 mortos, estavam duas crianças. Cinco pessoas sobreviveram à explosão com ferimentos.
 Bahia na Web / Blogdovalente/Andaiá