Santo Antônio de Jesus

Santo Antônio de Jesus

Notícias de Última Hora

SAJ: Promotor afirma que município poderá responder por improbidade administrativa caso aconteça algum desastre no Estádio José Trindade Lobo

Na manhã desta sexta-feira (28), o promotor Público Estadual, Dr. Julimar Barreto, comentou em entrevista à rádio Andaiá FM sobre a recomendação de interdição do Estádio Municipal José Trindade Lobo em Santo Antonio de Jesus . Segundo Dr. Julimar, caso aconteça alguma tragédia ou acidente devido as condições do equipamento público, a prefeitura responderá criminalmente e poderá responder por improbidade administrativa, “recebemos o relatório que indica que o estádio não tem condições de funcionamento. Foi constatado uma série de irregularidades e deficiências segundo a lei atual, como falta de saídas de emergências, falta de extintores, problemas elétricos, problemas nas arquibancadas que estão escoradas com vigas de madeira e outros. Por isto, fizemos a recomendação para o município para interditar o estádio para evitar de acontecer um desastre de grandes proporções, contudo, estou aguardando o posicionamento do município”, declarou.
De acordo com o promotor, não foi dado nenhum prazo para a interdição ou para o posicionamento do município, “não foi realizado nenhum prazo, mas eu pedi que pudessem resolver o mais rápido possível, pois a situação é crucial e não se pode esperar muito tempo. Por exemplo, algumas arquibancadas estão escoradas e existe o perigo abstrato de ocorrer um acidente grande, por isto se deve agir preventivamente. No Brasil existe um ditado: ‘as pessoas só fecham as portas quando são roubados’, mas não podemos agir assim”, afirmou.
Dr. Barreto pontuou também, que a vontade do Ministério Público e outras autoridades é interditar imediatamente, entretanto, a prefeitura decidirá se ainda continuarão utilizando o estádio, “caso aconteça algum sinistro, a responsabilidade será integralmente do município, criminalmente inclusive, podendo até ter que responder por improbidade administrativa. Rogo que tomem as providencias o mais rápido possível para resolver este grave problema”, concluiu.(VozdaBahia)